Alarmismo desnecessário levou estabelecimento a ter prejuízos graves em Benavente

Alarmismo desnecessário levou estabelecimento a ter prejuízos graves em Benavente

30 de Julho, 2020 Não Por Redacção

A exposição pública, através das redes sociais, por parte de um munícipe do concelho de Benavente, de um caso positivo, numa família de Benavente, que frequenta um estabelecimento comercial da vila, levou a que os clientes deste entrassem em alarmismo, causando também avultados prejuízos ao seu proprietário, que deixou de ter clientes.

O serviço municipal de Protecção Civil de Benavente, na sequência de tais actos, veio hoje repudiar esses actos, bem como garantir a total segurança do Café “O Crespo”, bem como dos seus proprietários, que testaram negativo à Covid-19, tendo sido mesmo efectuada uma descontaminação volumétrica do estabelecimento, estando assim reunidas todas as condições para o seu funcionamento.

A Protecção Civil informa ainda que toda a situação foi desde o primeiro momento acompanhada pela Delegada de Saúde municipal, pelo que o estabelecimento em questão só esteve aberto, porque esta considerou que estavam reunidas todas as condições de segurança para proprietários, trabalhadores e clientes.

A autarquia de Benavente alerta ainda para que este tipo de exposição pública constitui crime, ressalvando uma vez mais, que todas as situações identificadas são acompanhadas em proximidade, quer pelo município, quer pela autoridade de saúde local e nacional.