Campanha agrícola com mais tomate e redução na produção de vinho e arroz

Campanha agrícola com mais tomate e redução na produção de vinho e arroz

25 de Novembro, 2019 Não Por Redacção

O Instituto Nacional de Estatística (INE) apresentou recentemente as previsões agrícolas para o ano 2019, tendo como base os dados recolhidos até aos últimos dias de Outubro.

De acordo com o INE, as previsões agrícolas apontam para aumentos significativos na produção de maçã (+35%, face à campanha anterior) e de amêndoa (+55%), resultado de condições meteorológicas favoráveis e da entrada em produção de pomares novos.
Também se prevê aumento de produtividades nos olivais para produção de azeitona para azeite (+20%), com os olivais tradicionais a responderem positivamente à precipitação de meados do mês.
Para a castanha, cuja apanha começou este mês, estima-se um aumento de produção de 5%. Em sentido contrário, prevêem-se reduções na produção de pera e kiwi (-5%). Na vinha, a produção deverá ser semelhante à alcançada na vindima anterior, apesar da heterogeneidade em termos regionais.

Nas culturas anuais, destaque para o tomate para a indústria, cuja produção deverá ser superior a 1,4 milhões de toneladas, numa campanha com produtividades médias a rondar as 95 toneladas por hectare, ao nível das melhores de sempre.

No milho de regadio a produção deverá rondar as 700 mil toneladas, próxima da alcançada na campanha anterior.
Já no arroz, e essencialmente devido às temperaturas pouco elevadas e baixa luminosidade, espera-se uma diminuição de 5% na produção.

Saliente-se que estes ainda não são os números finais anuais, sendo esses só apresentados no mês de Janeiro do próximo ano.