Canábis para fins medicinais será tema de conferência digital

Canábis para fins medicinais será tema de conferência digital

26 de Setembro, 2020 Não Por Redacção

A Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas (SRSRA) da Ordem dos Farmacêuticos (OF) e a Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) vão promover a realização de uma conferência digital, que compreende dois eventos, subordinado ao tema “O farmacêutico e a canábis para fins medicinais: perspetivas futuras sobre a sua utilização”, nos dias 10 e 17 de Outubro de 2020.

Este conjunto de eventos têm como principal objectivo promover a capacitação dos farmacêuticos sobre a canábis para fins medicinais, através do debate interdisciplinar com o envolvimento da sociedade civil.

A utilização de medicamentos, preparações e substâncias à base da planta da canábis para fins medicinais, nomeadamente a sua prescrição e a sua dispensa em farmácia comunitária estão regulamentadas, em Portugal, com a Lei n.º 33/2018, de 18 de julho e com o Decreto-Lei n.º 8/2019, de 15 de janeiro. No entanto, até ao momento, o INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, ainda não aprovou a colocação no mercado de nenhuma preparação ou substância à base da planta da canábis para fins medicinais.

Em Portugal, a utilização da canábis para fins medicinais está aprovada para várias indicações, entre as quais, a dor crónica, a espasticidade associada à esclerose múltipla ou lesões da espinal medula, a náuseas e vómitos resultantes da quimioterapia, radioterapia e terapia combinada de HIV e medicação para hepatite, e ainda para a estimulação do apetite nos cuidados paliativos de doentes sujeitos a tratamentos oncológicos ou com SIDA. 

A participação na iniciativa é gratuita, mas requer inscrição prévia. As inscrições são limitadas e podem ser efectuadas em https://www.ordemfarmaceuticos.pt/pt/eventos/conferencias-digitais-o-farmaceutico-e-a-canabis-para-fins-medicinais-perspetivas-futuras-sobre-a-sua-utilizacao/