CGD com 500 milhões de euros para apoiar micro, pequenas e médias empresas portuguesas

CGD com 500 milhões de euros para apoiar micro, pequenas e médias empresas portuguesas

10 de Agosto, 2020 Não Por Redacção

Com o objectivo de apoiar as micro, pequenas e médias empresas portuguesas e ajudar no financiamento da retoma da economia, a Caixa Geral de Depósitos disponibiliza 500 milhões de euros às empresas que querem promover investimento produtivo e aliviar a sua pressão de tesouraria, designadamente, para as que queiram diferir o eventual “pico de tesouraria” de 31/03/2021 para anos subsequentes.

Esta medida de apoio dá melhores condições de spread para todas as novas operações de financiamento a médio-longo prazo, incluindo as que possam beneficiar cumulativamente das garantias do FEI ou das SGMs, num plafond total de 500M€.

Trata-se de uma medida acessível para novas operações contratadas até 31 de Outubro de 2020, com prazo superior a 18 meses, com um montante máximo de 3M€ por empresa e utilização imediata dos fundos, adequado a cada sector de actividade, disponibilizando spreads mais reduzidos nos primeiros 9 meses de vigência do financiamento:
Spreads desde 0,05% em financiamentos com garantia FEI;
Spreads desde 0,16% em financiamentos com garantia real;
Spreads máximos de 0,75% em financiamentos no prazo de 1 a 3 anos ou inferior a 1% em financiamentos no prazo de 3 a 6 anos, com garantia mútua.
Todas as operações serão sujeitas a análise de crédito em harmonia com os critérios de análise de risco vigentes e limitadas ao plafond global disponível.
Os empresários já podem solicitar a contratação desta medida em qualquer Agência ou Gabinete de Empresas da Caixa Geral de Depósitos.

A Caixa pretende continuar a ajudar, de forma efectiva, o tecido empresarial português, através do apoio aos empresários na oferta das melhores soluções para os seus negócios.