Distrito de Santarém entre os distritos com vagas para Guardas Florestais

Distrito de Santarém entre os distritos com vagas para Guardas Florestais

5 de Dezembro, 2019 Não Por Redacção

O distrito de Santarém é um dos oito distritos do país, sendo mesmo um dos três que tem mais vagas por ocupar, no curso de Guardas Florestais, da Guarda Nacional Republicana (GNR), que decorre na Escola da GNR, em Queluz.

Foram recebidas 2.844 candidaturas, sendo consideradas válidas 2.353, estando neste momento 156 elementos em formação, dos quais 11 são mulheres.

Em virtude do aviso de abertura contemplar 200 vagas, os distritos de Beja, Braga, Castelo Branco, Faro, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal ficaram com postos de trabalho por ocupar’, afirmou o major Gonçalves da GNR, no âmbito da cerimónia de apresentação do primeiro curso de guardas florestais da GNR, que decorreu em Queluz, Sintra, no distrito de Lisboa, nesta quarta-feira, sendo que os comandos territoriais com maior número de postos de trabalho situam-se em Bragança, Castelo Branco e Santarém.

Em termos de caracterização dos 156 guardas florestais em formação, o responsável da GNR indicou que as faixas etárias variam entre os 19 e os 30 anos, sendo a faixa dos 25 e 26 anos a que tem maior representatividade.

Do total de formandos, 86 foram militares, quer seja da Marinha, do Exército ou da Força Aérea, e, em termos de escolaridade, 143 têm o 12.º ano e 13 têm licenciatura.

Os distritos mais representados em termos de naturalidade dos candidatos são Bragança e Santarém, com 18 cada, seguindo-se Évora, com 15 formandos.

O período de formação destes 156 novos guardas florestais teve início em 21 Outubro de 2019 e a previsão de encerramento do curso é 17 de Abril de 2020.

Presentes nesta cerimónia estiveram os Ministros da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e a Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, que salientaram a importância deste curso e da integração dos Guardas Florestais nas forças de segurança.