EN 10 entre Vila Franca e Samora Correia irá ter um dos novos radares fixos

EN 10 entre Vila Franca e Samora Correia irá ter um dos novos radares fixos

1 de Agosto, 2020 Não Por Redacção

Foi esta quinta-feira aprovado em Conselho de Ministros, a aquisição de mais 50 radares fixos, que vão ser colocados em pontos estratégicos do país, onde se registe um significativo número de acidentes de viação, ou em zonas onde as autoridades tenham vindo a detectar um número de infracções ao limite de velocidade significativo, num investimento de 8,5 milhões de euros.

A Rede Nacional de Fiscalização Automática de Velocidade (SINCRO), que foi implementado em 2016, terá assim mais 50 pontos de controlo, sendo que 20 novos Locais de Controlo de Velocidade  (LCV) para o controlo de velocidade média entre dois pontos e 30 LCV de velocidade instantânea.

Os novos radares irão permitir controlar a velocidade média entre dois pontos, e a capacidade para medir, em simultâneo, a velocidade de vários veículos, mesmo nos casos em que estes circulam lado a lado ou a uma distância inadequada entre si.

Os novos 50 LCV serão equipados rotativamente com 30 novos radares , 10 que permitem o controlo de velocidade média entre dois pontos e 20 que apenas permitem o controlo da velocidade instantânea.

Para já, de acordo com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que ainda não divulgou todas as localizações, é sabido que um dos pontos que irá receber um dos novos radares, será a Estrada Nacional 10, no troço entre Samora Correia e Vila Franca de Xira, local onde se registam diversos acidentes, muitos deles graves.

A par da Estrada Nacional 10, serão ainda instalados na EN5 em Palmela, EN101 em Vila Verde, EN106 em Penafiel, EN109 em Bom Sucesso, IC19 em Sintra e IC8 na Sertã.

Nos primeiros 6 meses de 2020 foram fiscalizados 55.320.244 veículos, mais de 300.000 por dia, o que correspondeu a um aumento de 29%, face a período homólogo de 2019 (42.842.087). Esse crescimento deveu-se, essencialmente, ao aumento da fiscalização efetuado pelo SINCRO da responsabilidade da ANSR, que entrou em funcionamento em 2016.

O SINCRO fiscalizou, em 2019, 77.152.372 veículos e, nos primeiros 6 meses de 2020, 49.749.698 veículos, sendo já responsável por 90% do total de veículos fiscalizados por velocidade em Portugal Continental.


Fotografia: Direitos Reservados / Ilustrativa