GNR e familiares põem termo a 47 anos de agressões

GNR e familiares põem termo a 47 anos de agressões

12 de Agosto, 2020 Não Por Redacção

A Guarda Nacional Republicana, através de militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Ourém, com a ajuda de familiares da vítima, conseguiu deter um homem de 67 anos de idade, que durante 47 agrediu a sua esposa, de 64 anos de idade.

De acordo com fonte da Guarda, esta acção decorreu no âmbito da investigação do crime de violência doméstica, sendo que os militares da Guarda apuraram que o suspeito agrediu física e psicologicamente de forma reiterada, durante os 47 anos de casamento, a sua mulher de 64 anos, ameaçando-a de morte constantemente.

O suspeito, com antecedentes criminais pelo crime de homicídio, na última ocorrência, ameaçou de morte a vítima com recurso a uma faca com 20 cm de lâmina, sendo que só não concretizou os seus intentos, devido a ter sido desarmado por familiares que acorreram ao local”, refere a nossa fonte, que salienta ainda que no seguimento das diligências policiais, os militares da GNR deram cumprimento ao mandado de detenção.

O detido presente ao Tribunal Judicial de Santarém, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.