Governo inaugurou ano lectivo na Escola Secundária de Benavente (Com Fotos)

Governo inaugurou ano lectivo na Escola Secundária de Benavente (Com Fotos)

14 de Setembro, 2020 Não Por João Dinis

O Governo, representado ao mais alto nível, pelo Primeiro-ministro, António Costa, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e diversos secretários de estado do sector, nomeadamente, Secretário de Estado Adjunto e da Educação (João Costa); Secretária de Estado da Educação (Susana Rebelo), inaugurou simbolicamente o início do novo ano escolar, na Escola Secundária de Benavente, onde pode observar todas as condições que alunos, professores e auxiliares vão ter para o reinicio das actividades lectivas em plena pandemia da Covid-19.

Acompanhados pelo Presidente da Câmara Municipal de Benavente, Carlos Coutinho, e do Director do Agrupamento de Escolas de Benavente, Mário Santos, os governantes visitaram as salas de aula, laboratórios, refeitórios e espaços exteriores, sendo que já no interior do pavilhão desportivo todos tomaram da palavra.

Mário Santos, começou por agradecer a presença de António Costa e Tiago Brandão Rodrigues, aproveitando também a oportunidade para desejar a todos os alunos, professores e auxiliares um excelente ano lectivo, desejos que foram também proferidos por Carlos Coutinho, Presidente da autarquia local, que agradeceu ainda a presença da comitiva, algo que considerou ser bastante importante para o concelho de Benavente, pois atesta assim as boas condições do estabelecimento de ensino.

O Primeiro-ministro, António Costa, que iniciou o seu discurso referindo que ”não podemos continuar a pagar o preço de ter a escola encerrada”. “Não podemos continuar a pagar o preço das desigualdades que gera a ausência do ensino presencial, não podemos continuar a sacrificar o processo de aprendizagem para as gerações futuras”, referiu depois que “a precaução é fundamental, nenhum de nós pode relaxar. A escola em si não transmite o vírus a ninguém, quem transmite somos nós uns aos outros”, deixando ainda uma mensagem bastante elucidativa, “sejamos claros, a direção da escola pode fazer o melhor trabalho possível, os professores e assistentes podem fazer o melhor trabalho possível, mas de cada aluno e cada família não dizer também o melhor trabalho possível, não funciona”.

António Costa encerrou o seu discurso deixando votos de um ano lectivo o mais feliz possível.

Recorde-se que o ano lectivo inicia-se esta semana, sendo que grande parte dos mais de 3500 estabelecimentos de ensino iniciará as suas actividades presenciais no dia 17 de Setembro, quinta-feira, sendo que ao contrário do que aconteceu em Março, quando todas as escolas foram encerradas para conter a propagação do novo coronavírus, o ensino presencial vai ser a regra e o encerramento uma medida de último recurso.

A partir de agora o uso de máscaras será obrigatório, para todos os alunos a partir do segundo ciclo, o distanciamento físico será, sempre que possível, de pelo menos, um metro e entre os diferentes espaços da escola, que serão higienizados frequentemente, estão definidos circuitos de circulação.