Mulher morre abalroada por comboio na Glória quando ia buscar funcionária (Com Fotos)

Mulher morre abalroada por comboio na Glória quando ia buscar funcionária (Com Fotos)

21 de Janeiro, 2020 Não Por João Dinis

Um abalroamento de um jipe por parte de um comboio de mercadorias, ocorrido pelas 9.45 horas, desta terça-feira, 21 de Janeiro, na passagem de nível de Janeiras de Baixo, na freguesia da Glória do Ribatejo, concelho de Salvaterra de Magos, provocou a morte a uma mulher de 75 anos.

O acidente aconteceu numa passagem de nível sem qualquer tipo de automatismo que sinalize a passagem de comboios, num local onde já se registaram outros abalroamentos, apesar da passagem contar com boa visibilidade.

Ivone Fonseca, era proprietária de um lar de idosos, em Foros de Salvaterra, concelho de Salvaterra de Magos, de onde era natural, deslocou-se à Glória, com o propósito de ir buscar uma funcionária, quando por razões que estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação a Acidentes de Viação da Guarda Nacional Republicana, foi abalroada por um comboio, que transportava tintas, que naquela hora circulava na linha Setil – Vendas Novas.

De acordo com relatos no local, o motorista no comboio nada podia fazer para evitar a colisão, tendo o jipe, um Mitsubishi Pajero, ficado completamente irreconhecível, com destroços espalhados na via-férrea, ao longo de cerca de mil metros.

O corpo foi projectado da viatura, tendo ficado a cerca de duzentos metros da zona onde se deu o impacto, foi ainda socorrido pelos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos, que foram acionados para o local minutos depois da colisão, que apesar de todos os esforços não conseguiram reverter a situação em que a vítima se encontrava, acabando a Delegada de Saúde por atestar o óbito.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos e a Guarda Nacional Republicana, num total de 16 operacionais, apoiados por 6 viaturas. Para a zona do acidente foram também mobilizados homens e meios mecânicos da Infraestruturas de Portugal e da Refer, para retirar a composição acidentada e realizar a limpeza da via.

O corpo foi transportado pelos Bombeiros Voluntários de Benavente, para a morgue do Hospital Distrital de Santarém.