Musica e literatura abrem Jornadas de Cultura em Salvaterra de Magos esta sexta-feira

Musica e literatura abrem Jornadas de Cultura em Salvaterra de Magos esta sexta-feira

11 de Setembro, 2020 Não Por Redacção

A Igreja Matriz de Salvaterra de Magos recebe a partir das 21 horas, a sessão de abertura da Jornadas de Cultura de Salvaterra de Magos, que até domingo, 13 de Setembro, recebe um conjunto de assinaláveis iniciativas culturais.

Há música na Igreja Matriz” é o espectáculo inaugural das Jornadas de Cultura, que contará com a presença da fadista Teresa Tapadas e do tenor Carlos Guilherme, acompanhados por Luís Ribeiro, na guitarra portuguesa e Pedro Pinhal na viola de fado.
Durante o concerto decorrerá ainda a apresentação do livro “D. Manuel I – Duas Irmãs para um Rei”, da autoria de Isabel Stilwell.

No dia 12, sábado, pelas 9 horas pelas ruas de Salvaterra decorrerá o Concurso de Desenho e Pintura ao ar livre – “Pintar Salvaterra “, neste mesmo dia pelas 15 horas, no Edifício do Cais da Vala, tem lugar a entrega dos prémios da “V Edição do Prémio Infante D. Luís às Artes”.
Às 16 horas a Biblioteca Municipal acolhe o lançamento da Revista Magos (número temático dedicado ao centenário da Praça de Toiros de Salvaterra de Magos: 1920 – 2020).
Na Praça da República terá lugar pelas 17 horas a apresentação e distribuição gratuita pelas crianças presentes do livro infantil: “Uma Aventura Voadora” das autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada.

Às 21 horas, no Largo da República em Marinhais tem lugar a noite de fados, com António Vasco Morais, Diana Vilarinho e Mel, acompanhados à viola por Bernardo Romão e à guitarra portuguesa por Bernardo Saldanha, com a presença do saxofonista Ricardo Viegas. Haverá também uma homenagem ao fadista de Salvaterra Florentino Viana.

Domingo, na Casa do Povo de Muge, terá lugar pelas 16 horas, o lançamento do “O Livro do Tombo das Escrituras e Privilégios da Vila de Muge” de Gonçalo Lopes, a que se seguirá pelas 16.30 horas o lançamento da 7ª edição da Revista Magos.
Pelas 17 horas tem lugar a homenagem e exposição “Sociedade Filarmónica de Muge: 1902 – 2020”, seguindo-se um concerto pela Banda da Sociedade Filarmónica de Muge.