Rio Sorraia com curso interrompido entre Samora Correia e Porto Alto até final de Agosto

Rio Sorraia com curso interrompido entre Samora Correia e Porto Alto até final de Agosto

15 de Julho, 2019 Não Por João Dinis

O Rio Sorraia, tem interrompido o seu curso normal, na zona entre Samora Correia e Porto Alto, a montante da Ponte do Porto Alto, que separa o Porto Alto de Vila Franca de Xira, numa obra executada pela Associação de Beneficiários da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira.

De acordo com Carlos Coutinho (CDU), Presidente da Câmara Municipal de Benavente, que foi questionado pelo vereador Pedro Pereira (PS), na reunião de Câmara que teve lugar esta segunda-feira, 15 de Julho, esta situação irá manter-se até ao final de Agosto, e está devidamente autorizada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Este corte do curso do Rio Sorraia, para permitir que sejam cultivados os campos, nomeadamente o cultivo do arroz, não é a primeira vez que existe, tendo já sido tomada por parte da Associação de Beneficiários da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira, um processo semelhante nos anos de 2007 e 2012.

Ainda assim a Câmara Municipal de Benavente, que questionou a Agência Portuguesa do Ambiente sobre o impacto ambiental deste corte do curso de água do Rio Sorraia, mantém-se atenta ao desenrolar da situação, salientando que obteve por parte da APA uma primeira resposta positiva sobre este corte do Rio Sorraia, que permite assim o cultivo dos cerca de 10.000 hectares de terra, que são o sustento de muitas famílias, que dependem da agricultura para a sua sobrevivência.

Carlos Coutinho salientou ainda que, a água utilizada na agricultura do arroz, regressa em grande parte ao rio, a jusante do corte efectuado, pelo que o impacto ambiental será mínimo, mas que ainda assim aguarda a resposta escrita por parte da Agência Portuguesa do Ambiente.

Fotografia: Luís Vaz