Uma Samora Correia tranquila apesar da intranquilidade do Covid-19

Uma Samora Correia tranquila apesar da intranquilidade do Covid-19

16 de Junho, 2020 Não Por João Dinis

A cidade de Samora Correia acordou esta terça-feira com o seu corpo de Bombeiros fortemente afectado pela pandemia da Covid-19, com 10 dos seus operacionais a serem portadores do vírus.

Um primeiro caso, detectado durante o fim-de-semana num chefe da corporação, que reside num concelho vizinho, e cujo seu foco de infecção não está ainda confirmado, se foi no local de trabalho ou durante uma operação de socorro, deu o alarme aos restantes membros da companhia, que realizaram na manhã de segunda-feira os testes definitivos, depois de alguns feitos durante o domingo, cujo resultado não garantia segurança total.

No domingo o quartel dos Bombeiros Voluntários e as viaturas foram totalmente desinfectados, garantindo assim a segurança a todos os elementos e utentes que necessitem do auxílio da corporação.

Ao início da noite de ontem surgiu a notícia de que 10 elementos, entre eles o comandante e mais elementos da estrutura directiva, se encontram infectados com o vírus da Covid-19, sendo de imediatos colocados em isolamento profilático e assintomáticos.

Em nenhum momento o socorro da população esteve em causa, seja através de elementos da corporação samorense, que por ter equipas em rotação estavam em segurança, ou através da colaboração das corporações vizinhas, que asseguram sobretudo os serviços não urgentes.

O quartel, apesar de se encontrar com o Plano de Contingência activado, sendo disso dado conhecimento na entrada do quartel, que se encontra de portas de fechadas, de modo a garantir a segurança das pessoas, evitando assim que estranhos ao serviço possam entrar, nunca esteve, nem está, encerrado, sendo possível observar diversas viaturas a entrar e sair durante o dia.

Durante todo o dia desta terça-feira, o foco de infecção dos Bombeiros de Samora Correia era obviamente motivo de conversas na cidade, mas ainda assim, toda a população se demonstrou bastante calma, e sobretudo, solidária com o seu corpo de bombeiros.

A população encontra-se tranquila, a realizar a sua vida normal, durante o dia as ruas de Samora Correia vivem dentro da tranquilidade imposta pela pandemia, ainda que em momentos as ruas tenham bastante mais gente que o “desejável”.

O Serviço Municipal de Protecção Civil de Benavente continua a coordenar a operação especial montada desde Março, garantindo não só o apoio aos Bombeiros afectados, como a toda a população do concelho, sendo muitos aqueles que diariamente recebem o apoio do município de Benavente.