“Visitas à janela” recordam tempos antigos e matam as saudades dos familiares aos seniores do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Salvaterra de Magos

“Visitas à janela” recordam tempos antigos e matam as saudades dos familiares aos seniores do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Salvaterra de Magos

13 de Maio, 2020 Não Por João Dinis

A Santa Casa da Misericórdia de Salvaterra de Magos iniciou esta semana as “visitas à janela”, que permite aos seniores que se encontram residentes no Lar, poderem ver, sentir e ouvir os seus familiares, algo que nas palavras do Provedor, João José Oliveira e Sousa é um alento para os utentes,“sentirem que os filhos, sobrinhos, primos, ou outros familiares, fizeram um esforço para os vir ver”, algo que define como uma partilha de interesse por parte dos familiares, e que deixa os idosos bastante satisfeitos, por sentirem o esforço dos seus familiares.

Todas as visitas são supervisionadas por uma funcionária que acompanha o utente, sendo que antes da visita dos familiares é realizada toda uma operação de limpeza e desinfecção do espaço e da janela, de modo a que todo a visita decorra com o mínimo de riscos possível para utentes e familiares.

Apesar de já realizarem video-chamadas com os familiares, algo que “não era lá muito perceptível pelos utentes, que achavam que os estávamos a enganar”, refere-nos o Provedor, esta foi a forma possível encontrada pela Misericórdia de Salvaterra de Magos, para reaproximar familiares e utentes, que se mostram bastante agradados com a iniciativa levada a cabo pelos responsáveis do Lar, que conta com 62 utentes e 42 funcionários.

Esta iniciativa tem como principal objectivo, “matar as saudades que os utentes tinham de ver e ouvir os seus familiares, bem como poder sentir o seu afecto, ainda que nada possa substituir o toque, o beijo, o afecto…”, referem-nos o Provedor e a responsável pela unidade.

A muitos dos utentes mais idosos, estas “visitas à janela” farão certamente lembrar os seus tempos de namoro, em que muitos iniciaram à janela os seus relacionamento.

Para as famílias esta foi uma ideia extremamente bem acolhida, que pode assim ter algum contacto com os seus familiares, ainda que muitas vezes a comunicação seja feita por telefone, de modo a garantir a segurança de utentes, funcionários e familiares.

O Provedor salienta-nos ainda todo o esforço que está a ser realizado nesta altura por todas as funcionárias, que têm tido um entendimento extraordinário da situação e são uma peça fundamental no sucesso que tem sido estes dois meses, em que nenhum utente foi afectado pelo vírus.

As visitas decorrem de segunda a sexta-feira, entre as 14.30 e as 15.30 horas, em períodos de 15 minutos, por marcação pelo telefone, 263 506 277.

Apesar de a partir da próxima segunda-feira, 18 de Maio, o Governo ir permitir alguma abertura aos Lares e Residências de Idosos, a Santa Casa da Misericórdia de Salvaterra de Magos irá muito provavelmente continuar com este sistema até que existam condições de maior segurança.

Antes de casa visita a janela é desinfectada para garantir a segurança de utentes e familiares