24 dias depois homem de Coruche é dado como curado ao coronavírus. Luís Ferreira agradece a todos e deixa mensagem de apelo a que todos fiquem em casa

26 Março 2020, 19:16 Não Por João Dinis

Foi através da rede social Facebook, que Luís Ferreira, com 24 anos, um dos casos positivos de coronavírus de Coruche, trabalhador da arrozeira Dacsa-Atlantic, onde se localizou um dos primeiros focos da infecção em Portugal, que anunciou a sua cura, 24 dias depois do resultado positivo.

Após 24 dias de internamento e isolamento no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, Luís Ferreira regressou a Coruche, estando já totalmente recuperado, sendo um dos 43 portugueses recuperados, a que se junta também a mulher de 40 anos, natural do Rebocho, isto porque segundo nos foi possível apurar a jovem de 13 anos, terá voltado a dar resultado positivo, após análises negativas.

Luís Ferreira deixa ainda um alerta, para que todos fiquem em casa, “E por favor! Por mim, por vocês, por quem é próximo de vocês, pelos portugueses, e pelo Mundo, fiquem em casa e protejam-se”, bem como um agradecimento às equipas médicas que o auxiliaram, “nesta altura os únicos heróis são os profissionais de saúde, e todos aqueles que trabalham para que nada falte nas nossas casas. A todos eles um GRANDE OBRIGADO!.”

Em Coruche estão ainda dois casos positivos, todos eles com ligação ao primeiro foco, ocorrido na unidade fabril ligada ao sector dos cereais.