81 Pessoas detidas e mais de 1500 estabelecimentos encerrados por desrespeito ao estado de emergência

30 Março 2020, 20:26 Não Por Redacção

O Ministério da Administração Interna, anunciou esta segunda-feira, que desde que o Estado de Emergência entrou em vigor em Portugal, pelas zero horas do dia 22 de Março, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública têm vindo a desenvolver uma intensa actividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população, dos quais já resultaram 81 pessoas detidas e 1.565 estabelecimentos encerrados.

As pessoas detidas foram-no sobretudo por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência, sendo que os estabelecimentos foram encerrados em virtude de incumprimentos nas normas estabelecidas.

O Ministério da Administração Interna, perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da COVID-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo Estado de Emergência”, refere-nos fonte do ministério liderado por Eduardo Cabrita.