90 pessoas detidas por desrespeito ao estado de emergência

1 Abril 2020, 18:59 Não Por Redacção

O Ministério da Administração interna, anunciou que foram detidas, até às 18 horas de hoje, um total de 90 pessoas, por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência.

De acordo com o ministério liderado por Eduardo Cabrita, no mesmo período, foram encerrados 1.633 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

O Ministério da Administração Interna, perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da COVID-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo Estado de Emergência, salientando ainda que a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública vão continuar a desenvolver uma intensa actividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população.