Apesar de perder população Coruche ganhou qualidade de vida – Os dados da Pordata sobre o concelho de Coruche

17 Agosto 2020, 17:30 Não Por João Dinis

No âmbito do seu décimo aniversário da PORDATA – projecto da Fundação Francisco Manuel dos Santos, está a apresentar e divulgar uma série de retratos estatísticos sobre cada um dos 308 municípios portugueses, fazendo-o de forma a assinalar também os feriados municipais.

Na área dedicada ao município de Coruche é possível comparar, de forma simples e imediata, vários indicadores, de diferentes temas, e a sua evolução em quase uma década/ entre 2010 e 2018, podendo chegar-se à conclusão que apesar de ter perdido alguma população, o concelho de Coruche acabou por ganhar qualidade de vida, com os índices da segurança e bem-estar a verificarem um aumento das suas percentagens, demonstrando que este é de facto um bom concelho para se viver.

De acordo com os dados da Pordata, relativos a 2018, vivem no concelho de Coruche 17805 pessoas (20.085 em 2010), sendo que 17 habitantes em cada 1000 são estrangeiros.
Por cada 100 residentes, há 10 jovens com menos de 15 anos, 58 adultos e 32 idosos com 65 ou mais anos; existem ainda 583 desempregados inscritos nos centros de emprego (5,8% da população residente entre os 15 a 64 anos), 50% a menos que os inscritos em 2010 (1.163).

A nível de remunerações a média é de 1.002 euros é quanto ganham os trabalhadores por conta de outrem no município, 165€ abaixo do ganho médio a nível nacional.

Conheça agora nas tabelas abaixo todos os detalhes dos dados da Prodata relativos ao concelho de Coruche:

Pordata_Coruche1

Pordata_Coruche2