As ‘Artes invadem o Bairro’ a partir de 28 de Setembro em Coruche

23 Setembro 2019, 12:25 Não Por Redacção

A Bienal de Artes 2019, em Coruche, tem como mote o tema ‘As artes invadem o Bairro’, que teve como grande novidade a introdução das Residências Artísticas, que decorreram entre Maio e Julho e consistiram na permanência de onze artistas na vila de Coruche durante três semanas, permitindo que conhecessem melhor a região e a cultura locais e se deixassem inspirar pelas mesmas na concepção das suas obras.

O projecto das Envolvências Locais, inserido na Bienal, permite que toda a comunidade participe nesta iniciativa com trabalhos artísticos relacionados com os nomes das ruas do Bairro Novo que, assim, vão estar decoradas com peças alusivas à ex-colónia correspondente.

Este projecto conta com 150 participações individuais e 37 associações envolvidas. Os visitantes poderão participar em workshops de dança tradicional, mostras de gastronomia, workshops de caligrafia, recortes de papel, artesanato, tatuagens Henna e outros eventos relacionados com África, Índia, Macau e Timor, a decorrerem no pátio da antiga Escola do Bairro Novo.

Haverá, ainda, uma mostra de cinema e uma conversa com os realizadores coruchenses João Alves, João Domingos, Carlos Amaral, Frederico Ferreira e Tânia Prates. Nas sessões de cinema serão também mostrados filmes do cineasta timorense Victor de Sousa Pereira. O evento conta ainda com a presença da investigadora Maria do Carmo Piçarra, que falará do seu trabalho acerca da temática abordada no filme “Vitória ou morte: a queda da Índia Portuguesa”, de Pedro Efe e Pedro Madeira, e do soldado coruchense Sérgio Gomes, que esteve em Diu, na Índia

O programa é vasto, e decorre até dia 13 de Outubro, podendo ser consultado AQUI.