Bibliotecas de Benavente, Coruche e Salvaterra integram projecto de melhoramento

26 Fevereiro 2020, 10:50 Não Por João Dinis

As Bibliotecas Municipais de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos, são três das integrantes do Contrato-Programa Apoio ao Desenvolvimento de Serviços das Bibliotecas Públicas (PADES), celebrado entre a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Este programa surge após a implementação de uma nova estratégia para as bibliotecas públicas, levado a cabo pela Direcção Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), em conjunto com as Comunidades Intermunicipais.

Esta estratégia que se materializa no “Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços das Bibliotecas Públicas” (PADES) e no incentivo e acompanhamento na criação de grupos de trabalho intermunicipais tem como objectivo afirmar, junto das populações, o papel das bibliotecas públicas municipais, reforçando a sua função de equipamentos de proximidade com diferentes valências: culturais, informativas, sociais, formativas e de cidadania. É também objectivo deste programa, contribuir para a redução das desigualdades e das assimetrias nacionais, que também se verificam no serviço de biblioteca pública, como forma de valorização e desenvolvimento dos territórios mais periféricos, apresentando deste modo as bibliotecas como elementos essenciais para a coesão social no território.

Assim, integram o programa “BiblioTICs”, apresentado pela Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo as Bibliotecas: Biblioteca Municipal de Almeirim, Biblioteca Municipal de Alpiarça, Biblioteca Municipal de Azambuja, Biblioteca Municipal de Benavente, Biblioteca Municipal de Cartaxo, Biblioteca Municipal de Chamusca, Biblioteca Municipal de Coruche, Biblioteca Municipal de Golegã, Biblioteca Municipal de Rio Maior, Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos e Biblioteca Municipal de Santarém.

Este programa irá dotar as Bibliotecas de novas Colecções de Livros bem como de novos equipamentos de Tecnologias de Informação e Comunicação, que vão permitir melhorar os equipamentos existentes, com o objectivo de atrair mais utentes para o serviço bibliotecário.


Fotografia: Direitos Reservados