Bombeiros de Salvaterra com Equipa de Intervenção Permanente

Bombeiros de Salvaterra com Equipa de Intervenção Permanente

1 Agosto 2019, 12:42 Não Por João Dinis

Foi assinado esta quinta-feira, 1 de Agosto, na Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, o memorando para a criação de uma Equipa de Intervenção Permante (EIP), nos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos.

Este memorando foi assinado entre o Município de Salvaterra de Magos, Associação dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos e a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, representada aqui pelo Comandante Distrital, Mário Silvestre.

Dez anos depois da primeira tentativa, os Bombeiros de Salvaterra vêm assim aceite uma reivindicação que vinham fazendo todos os anos, de modo a que pudessem ter uma equipa de profissionais ao serviço do concelho de Salvaterra.

As EIP foram criadas em 2007, ratificadas pela portaria 1358/2007, que as define que estas são constituídas por 1 chefe de equipa, recrutado na estrutura de comando, de entre oficiais bombeiros ou de entre chefias existentes no quadro activo do corpo de bombeiros e 4 bombeiros, devendo dois deles possuir carta de condução que o habilite a conduzir veículos pesados.

São missões das EIP, o combate a incêndios, socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes, socorro a náufragos, socorro complementar, em segunda intervenção, desencarceramento ou apoio a sinistrados no âmbito da urgência pré-hospitalar, não podendo substituir-se aos acordos com a autoridade nacional de emergência médica, minimização de riscos em situações de previsão ou ocorrência de acidente grave e colaboração em outras actividades de protecção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

Fotografia: Direitos Reservados