DRAP lança alerta para vírus que pode afectar citrinos

16 Dezembro 2019, 14:59 Não Por Redacção

A Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo emitiu esta segunda-feira, um alerta fitossanitário para a detecção em Portugal do  citrus tristeza virus (CTV), conhecido como o Vírus da Tristeza dos Citros, que é uma das principais doenças dos citrinos sendo responsável por uma elevada mortalidade das árvores.

A expressão da sintomatologia da tristeza depende do nível de tolerância da planta hospedeira e da combinação enxerto/portaenxerto e são diversos, apresentado a planta folhas cloróticas, deformadas ou murchas, os frutos não se desenvolvem adequadamente, podendo o seu tamanho ser reduzido, provoca lesões e estrias necróticas na raiz e também descoloração e distorção da casca. Em algumas plantas, prova o declínio das mesmas, devido a necroses no floema que dificulta o transporte de substâncias dentro da planta. Esse declínio pode ocorrer de maneira lenta ou então rapidamente’, informa a Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo.

Embora ainda só tenham sido detectados casos da doença em árvores nas regiões da Madeira e Algarve, a Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, alerta os fruticultores da região para que em caso de encontrarem uma árvore com sintomas suspeitem contactem de imediato as entidades locais, ou através do e-mail prospeccao@draplvt.gov.pt.