Eleitos em Benavente e Samora pedem que dinheiro de iniciativas culturais reverta para apoio a famílias e empresas

2 Abril 2020, 11:49 Não Por Redacção

Os eleitos das bancadas do PS e independentes na Câmara Municipal de Benavente e na Junta de Freguesia de Samora Correia, apresentaram propostas aos respectivos órgãos autárquicos, no sentido de utilizarem as verbas orçamentadas para as iniciativas culturais, que este não se vão realizar, em virtude da pandemia de coronavírus, dotarem iniciativas de apoio a famílias e empresas.

Assim os vereadores Pedro Pereira e Flobela Paracho (PS) apresentaram à autarquia de Benavente uma proposta para que esta adquira estes de despistagem ao covid-19, para testar os casos suspeitos no município, bem como apoiar as pessoas, famílias, micro e pequenas empresas, com quebras de rendimentos, desemprego e/ou falta de liquidez, sendo que as medidas apresentadas deverão vigorar até final de Junho de 2020.

Por sua vez os eleitos da Junta de Freguesia de Samora Correia, Paula Rego e Nelson Lopes, apresentaram à Junta de Freguesia de Samora Correia a criação de um Fundo de emergência social para famílias em situação de vulnerabilidade económica e social no valor de 30 mil euros, cuja dotação seria importada das rubricas da Semana Taurina, Feira Anual, Comemorações do Foral, Programa do 25 de Abril e Dia da Cidade, eventos que serão cancelados devido à Pandemia Covid 19.