Empresário do audiovisual leva missas de Páscoa aos habitantes da Erra (Com Vídeo)

8 Abril 2020, 17:12 Não Por João Dinis

Como em todos os cantos e recantos de Portugal, a Vila Nova da Erra, uma pequena vila do concelho de Coruche, com cerca de 500 habitantes, vive por esta altura a Páscoa, este ano em moldes diferentes, marcada pelo distanciamento social.

Carlos Gafaniz um conhecido empresário do audiovisual, cuja sua empresa tem sede em Vila Nova da Erra, decidiu pegar em alguns dos seus materiais de trabalho, que agora também sofre com a interrupção de todos os eventos culturais, e levou aos habitantes da pequena vila, na sua maioria pessoas acima dos 60 anos de idade, um pouco das festividades pascais, sobretudo as missas mais importantes que se celebram.

Em concórdia com o Pároco de Coruche, Padre Elias Serrano, Carlos Gafaniz instalou alguns equipamentos que distribuem o som, um computador com ligação à internet e transmite as homilias e celebrações pascais, o que permite que os habitantes, sobretudo os mais idosos, possam ouvir sem ter que sair das suas casas, mantendo assim o desejável distanciamento social.

Esta é também uma forma de aproximar as pessoas da fé”, diz-nos o empresário, que acrescenta ainda que, “como nesta altura apenas irá haver uma missa, celebrada na Igreja Matriz em Coruche, não vindo a ocorrer nenhuma na Igreja da Erra, em virtude da pandemia do covid-19, decidi, com a concordância do Senhor Padre Elias Serrano, aproximar as pessoas da igreja e da sua fé, tão necessária nesta altura que atravessamos”, concluiu Carlos Gafaniz.

Como em muitas cidades, também as ruas desta pequena vila se encontram praticamente desertas, um ou outro habitante que foi fazer as suas compras, mas nada de muitos ajuntamentos, nem grandes conversas, a bem de todos e agora com as celebrações pascais a ecoarem pelas ruas desta tradicional vila do concelho de Coruche.