Fio a Prumo  Apitos

Fio a Prumo <> Apitos

3 Janeiro 2020, 14:15 Não Por Redacção

Apita o GNR para indicar qualquer coisa.

Apita o condutor para assinalar a sua presença aos mais distraídos

Apita a sirene para dizer que é meio-dia.

Apita o Xôr árbitro da bola (de qualquer uma) para dizer que é falta..

Apita o comboio. Sim esse mesmo, o da cantiga…

Apita o tractor que também tem buzina.

Apitam os manifestantes para se fazerem notar (mais ainda)

Apita o Oficial de manobra a bordo do navio.

Apitam os homens do morse para escreverem pontos e traços.

Apitam os chefes de estação para dar partida aos de ferro.

Apitavam, dantes, os polícias sinaleiros, conhecidos por “cabeças de giz “

Apitam ambulâncias, conhecidas por “tino-nins”.

Apita-se, apita-se, apita-se, apita -se…

Como se todos os apitos não bastassem.

Agora,

APITOU TODA A NOITE O CARREGUEIRO FUNDEADO NO TEJO

Culpado? Claro que há: o Medina!, – gritam os dorminhocos interrompidos.

O nevoeiro que se abateu toda a noite sobre o Tejo não teve culpa nenhuma, não senhor. Até porque esse “gajo” só aparece de vez em quando e precisamos mesmo dum culpado.

Já.