Fio a Prumo – Leituras, comezainas e cabeças ao ar

Fio a Prumo – Leituras, comezainas e cabeças ao ar

22 Outubro 2019, 14:03 Não Por Redacção

E pronto! Está na hora de mais um evento cá na terra.

Um não. Três!

Livros em jeito de feira. Uma promoção da “senhora câmara”, que não tem evoluído desde que foi criada. Quase sempre os mesmos livros vêm, todos os anos, até ás margens do Sorraia. Uma ou outra novidade também lá vem misturada, para que se não diga o que estou aqui a escrever.

Gastronomia em festival. Outra criação da mesma “senhora”. É a mais velha do trio. Nunca conseguiu impor-se no palco dos comes e bebes. Não me parece que se tenha ganho um “prato” verdadeiramente castiço que faça vir até cá legiões de “sopistas da pedra”. Essas legiões de apreciadores de “especialidades” perdem-se pelo concelho vizinho que pelo talento de um Homem da restauração local elevou a pedra da sopa a “coisa” verdadeiramente nacional, para não falar nos muitos faladores de outras linguagens que se perdem por lá também.

Entretanto, com “os sabores do bravo”, igualmente do reino das comezainas, mais esvaziou o “da gastronomia festivaleira”. Mas, pronto, como há que preencher espaços festivos lá vem então mais do mesmo.

-Olha, olha lá vêm eles!

-Eles? Eles quem?

-Os balões porra!!! Não foi para isso que aqui viemos?

Claro que é para isso que andaremos todos de cabecinha no ar.

É um espectáculo que transmite calma e faz sonhar quem nunca, como eu, por lá andou.

E o aparato dos ditos a prepararem o lançamento é outro espectáculo, de cores de volumes de formas.

E imagem digitais dos balões? Ui! Serão milhares, não haverá telemóvel que se negue e serão imagens fixas , serão vídeos, muitos , para mostrar no “feiças”, que ficará “congestionado”  .

É evento organizado por especialistas com o “alto” patrocínio da “senhora festeira “

Ah! e o espectáculo final ,tocado a música e as chamas dos balões é verdadeiramente uma maravilha .

Venham até cá, onde ainda se prometem obras por acabar, mas que interessa isso se é tudo a bem do povo?