Governo reitera apelo à vacinação das crianças e pede aos doentes crónicos confiança no SNS

28 Abril 2020, 17:49 Não Por Redacção

O secretário de Estado da Saúde reiterou hoje o apelo aos pais para que “não descurem a vacinação” das crianças, bem como às pessoas com doenças crónicas para que “não deixem de procurar os cuidados médicos de que necessitam”.

“Inicia-se agora um processo de recuperação de confiança das pessoas no Serviço Nacional de Saúde [SNS] e temos apelado aos pais que não descurem a vacinação dos filhos e às pessoas com doenças crónicas que não deixem de procurar os cuidados médicos de que necessitam para manter as suas patologias controladas”, disse António Lacerda Sales.

O secretário de Estado enumerou várias patologias, tendo-se dirigido em particular na conferência de imprensa diária de acompanhamento da pandemia em Portugal, “aos diabéticos, hipertensos, [pessoas com] doenças respiratórias, doentes oncológicos e [pessoas com] doenças cardiovasculares”.

António Lacerda Sales recordou que “os primeiros casos covid-19 em Portugal foram identificados a 02 de Março”, frisando que “o SNS já se vinha a preparar para a pandemia”, tendo “adaptado a sua resposta às diferentes fases epidemiológicas num processo flexível, dinâmico, proporcional e transversal”.

“A criação de circuitos covid e não covid dentro das unidades de saúde foi determinante”, referiu o secretário de Estado da Saúde, admitindo, no entanto, que a actividade paralela foi “afectada”.

“Não podemos ignorar que toda a actividade assistencial foi afectada por esta pandemia. Sem ter a situação destabilizada no âmbito da propagação do novo coronavírus, não se consegue dar uma resposta adequada às outras patologias”, referiu o governante.

Com Agência Lusa