Grupo de homens de Cabeção recria tradição das “Sortes”

20 Fevereiro 2020, 18:46 Não Por Redacção

Um grupo de homens nascidos em 1963 e oriundos de Cabeção, no concelho de Mora, recriam no próximo sábado, 22 de Fevereiro, a “Tradição das Sortes”, ritual que realizavam quando completavam 18/19 anos, quando eram chamados para a inspecção militar obrigatória, que consistiam na realização de provas físicas e médicas.

Este ritual acontecia sempre durante a semana do Carnaval, entre sexta-feira e quarta-feira, os jovens desfilavam pelas ruas da freguesia de Cabeção com pandeiretas enfeitadas com fitas de cetim e um tocador de acordeão”, explica-nos um dos organizadores, acrescentando que, “este desfile acontecia de manhã à noite e dois ou mais jovens transportavam uma vara que servia para colocar os enchidos (linguiça, farinheira e morcela, entre outras coisas) oferecidos pela população. Aos sábados e segundas-feiras, aberto à população, realizava-se um baile com um grupo musical.”

Para recriar e recordar essa tardição na vila de Cabeção, o grupo OH63, irão fazer essa recriação que se inicia com a concentração na rua de São João, pelas 10 horas, seguido de desfile pelas ruas de Cabeção, estando o almoço marcado em Vale Cães.
A partir das 15 horas, novo desfile pelas ruas, que termina pelas 21.30 horas, com o Baile das “Sortes”.


Fotografia: Direitos Reservados