Grupos fazem-se passar por técnicos de rastreio ao Covid-19 com o intuito de assaltar casas e pessoas

Grupos fazem-se passar por técnicos de rastreio ao Covid-19 com o intuito de assaltar casas e pessoas

19 Março 2020, 11:49 Não Por João Dinis

São já vários os relatos de pessoas que terão tido à sua porta supostos técnicos que alegam ir efectuar rastreio ao Covid-19, supostamente mandatados pelas autoridades de saúde, o que é manifestamente falso. São grupos de ladrões, que tentam desta forma entrar dentro das casas das pessoas, que por menos informação ou distracção lhe permitem a entrada.

De acordo com o que apurámos, os meliantes preferem as zonas mais isoladas e sobretudo a população mais idosa, que supostamente estará menos informada, para se acertar deles e tentar assim assaltar pessoas e bens.

Estes supostos técnicos de saúde apresentar-se-ão devidamente vestidos, com batas, máscaras e óculos de protecção, o que dificulta também a sua identificação.

Há também relatos de pessoas que independentemente de terem ou não televisão por cabo, terão recebido a “visita” de supostos técnicos das empresas de distribuição de televisão por cabo, sendo que o principal objectivo destes é também o assaltar as casas onde conseguem entrar.

As autoridades policiais e de saúde alertam para a falsidade destas práticas, garantindo que não existe nenhum rastreio porta a porta dedicado ao Coronavírus, pelo que ao receberem este tipo de visitas deverão de imediato alertar a autoridade policial da sua área de residência.


Fotografia: Direitos Reservados / Ilustrativa