Hospital de Santarém cria Plano de Segurança Interno

13 Novembro 2020, 10:42 Não Por Redacção

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) está a desenvolver um Plano de Segurança Interno (PSI), com vista a responder às exigências legais, nomeadamente do Regime Jurídico da Segurança Contra Incêndios em Edifícios (RJSCIE).

O Conselho de Administração do HDS considera que “é de extrema importância para o HDS o desenvolvimento deste trabalho, garantindo uma evolução contínua na segurança das pessoas e do património”.

“O PSI é um conjunto de medidas de autoprotecção que vão desde a prevenção, o planeamento, a actuação em caso de emergência e a reposição da normalidade. É materializado num documento que descreve todas as possíveis situações de emergência ou sinistro que requerem uma atuação imediata e organizada de um grupo de pessoas com formação e informação específica para o efeito”, explica o Nuno Teixeira, delegado de segurança do PSI, que acrescenta que “o principal objectivo é a minimização dos efeitos decorrentes de eventual emergência no que concerne à preservação da vida humana, à manutenção das condições de segurança e à redução do impacto ambiental associado.”

O Conselho de Administração do HDS considera que “nunca é demais relembrar que os Hospitais têm uma finalidade muito específica e de extrema importância na nossa Sociedade, com o fim único de salvaguarda e preservação do mais elementar bem do ser humano, a saúde”.
Realça ainda que, para além do Plano de Segurança Interno está também a ser delineado um Plano de Segurança Externo, o qual pretendem ver implementado no médio prazo. Para assegurar a elaboração de um PSI eficaz e capaz de responder às necessidades do HDS, foi criada uma Comissão de Emergência Interna, que conta com a colaboração externa do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS-ANEPC).