Mais de 10 alunos positivos à Covid-19 na Escola Secundária de Coruche colocam 125 alunos e 27 professores em isolamento

19 Novembro 2020, 16:34 Não Por João Dinis

Depois de detectados alguns casos positivos, ao que o Notícias do Sorraia apurou serão mais de uma dezena, entre turmas do 8º, 9º e 12º anos, da Escola Secundária de Coruche, bem como em outras turmas do Agrupamento de Escolas de Coruche, cujos primeiros casos foram detectados no passado dia 30 de Outubro, colocaram em isolamento profilático 125 alunos e 27 professores, relevou a Directora do Agrupamento, Isabel Cordeiro.

Entre os alunos positivos encontram-se alguns familiares de funcionárias do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Coruche, o que eleva para 30 as pessoas da comunidade que foram afectadas pelo surto que se abateu no lar e que infectou também 95 pessoas da instituição.

Neste momento encontram-se a ser testadas todas as turmas que tiveram contacto com esses alunos positivos, estando a situação a ser acompanhada pelo Delegado de Saúde local, bem como pelo Município.

De todos os testes realizados a colegas dos alunos infectados e professores, não têm resultados novos casos, sendo que os alunos terão que aguardar as indicações do Delegado de Saúde para regressar à escola, recebendo as aulas em regime não presencial e por meios digitais.

As turmas que se encontram a ter aulas presenciais, dada a escassez de professores, vão também realizando aulas complementares virtuais, em coordenação com os directores de cada turma.

Isabel Cordeiro apelou ainda à “responsabilidade individual de todos na luta contra este vírus, e por isso mesmo, devemos reforçar a importância dos hábitos de higiene e de protecção que a todos se exige”, “reforço ainda, a importância de todos termos de manter os cuidados necessários, evitar convívios de amigos e familiares, manter o distanciamento social sempre que possível, manter as regras de etiqueta respiratória e desinfecção…” pode ler-se no comunicado da Directora do Agrupamento, que apela ainda a que eventuais casos ou alunos que sintam sintomas devem de imediato reportar a situação ao SNS24, permanecendo em casa e não marcando presença no espaço escolar.