“Mora é cada vez mais a Capital da Pesca Desportiva”, afirma Luís Matos, autarca de Mora na inauguração da Mora Pesca 2020 (Com Fotos)

“Mora é cada vez mais a Capital da Pesca Desportiva”, afirma Luís Matos, autarca de Mora na inauguração da Mora Pesca 2020 (Com Fotos)

7 Março 2020, 0:22 Não Por João Dinis

O Pavilhão de Exposições de Mora, recebe até domingo, 8 de Março, a décima oitava edição da Mora Pesca, certame dedicado à pesca desportiva nas suas mais diversas vertentes, rio, achigã e mar.

São cerca de cinquenta as marcas e empresas que ali estão representadas, apresentando as mais recentes novidades do sector, divididas em pavilhões que totalizam mais de cinco mil metros quadrados.

Das canas mais sofisticadas, que vão desde os 100 aos 6.000 euros, aos paniers (bancos), que são verdadeiras poltronas, e podem custar mais de 1.000 euros, são milhares os artigos expostos, numa feira que se consolidou já como a maior e aquela em que todas as marcas querem estar presentes.

A décima oitava edição da Mora Pesca, que foi inaugurada esta sexta-feira, decorrerá em Mora, até domingo, 8 de Março, realizando-se diversas demonstrações e provas, sendo que a Federação Portuguesa de Pesca Desportiva fará ali a entrega dos troféus referentes à época 2020, um dos pontos altos do certame.

Saliente-se também, que um ano mais, a Mora Pesca conta com uma área de venda, onde os pescadores podem adquirir a preços de feira, os mais diversos artigos, como são as canas, os bancos, os engodos, os anzóis ou as amostras.

O acto inaugural, contou também com a presença de João Cavaleiro Ferreira, da Entidade de Turismo do Alentejo e Ribatejo, que salientou a importância deste certame para Mora, que ali leva centenas de pessoas, a um território de enorme importância turística.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Mora, Luís Simão Matos, “Mora é cada vez mais a Capital da Pesca Desportiva, não só com a feira felizmente”, que afirma que a Mora Pesca, “foi uma feira que veio crescendo desde há dezoito anos a esta parte e hoje diria a “feira da pesca” é aqui a Mora Pesca.”
Anteriormente houve outras, não com esta dimensão, que foram deixando de se realizar, depois houve tentativas de outros municípios até para lançarem iniciativa no âmbito da pesca desportiva, mas nada se concretizou e de facto a grande feira da pesca desportiva, onde os pescadores acorrem todos os anos para verem aquilo que há de novos artigos, para adquirir alguns equipamentos é aqui em Mora e de facto estamos muito orgulhosos porque a feira este ano atingiu um patamar extraordinário, que é visível aqui”, salienta o autarca de Mora demonstrando todo o seu contentamento com o certame inaugurado esta sexta-feira.

Ano após ano, a Mora Pesca tem vindo a crescer, sendo que este ano atingiu a sua maior dimensão, facto confirmado pelo Presidente do município de Mora, “de facto este é o ano que a feira tem um espaço maior, dizer também que houve mais uma ou outra empresa que poderia estar aqui e não está porque não tínhamos lugares, inclusive tivemos que limitar um pouco cedências de espaços aos expositores que estão aqui, mas são mais de 5.000 metros quadrados que esta feira tem de artigos de pesca desportiva, uma feira muito bonita, muito colorida, com muito material de pesca e que é uma feira não só para os pescadores, mas todas aquelas pessoas que gostam de ver uma coisa bonita, que venham até Mora nestes dias”, deixando assim o convite a todos para visitarem a Mora Pesca e a vila de Mora.

Além de uma feira dedicada à pesca desportiva, Mora conta com algumas das melhores pistas de pesca, que anualmente recebem provas nacionais e internacionais.
Questionado sobre a qualidade das pistas, Luís Matos dá o exemplo das provas internacionais realizadas no seu concelho, “nós ao longo destes anos já tivemos aqui catorze provas internacionais, entre campeonatos da Europa e do Mundo”, acrescentando que, “investimos substancialmente nas nossas pistas de pesca, nós temos uma pista de pesca em Cabeção, que é considerada pela Federação Internacional de Pesca Desportiva como a melhor pista de pesca natural da Europa, o que nos orgulha imenso.”

Além da pista de pesca de Cabeção, considerada a melhor do mundo, existem ainda, “uma pista de pesca em Pavia, outra em Mora, com características diferentes.”

Sobre provas que este ano vão decorrer no seu concelho, o autarca destacou o estágio da selecção nacional de pesca desportiva,” que volta a acontecer na pista de pesca de Pavia e por tudo isto, não só pela Feira, mas também pelo que temos em termos de pistas de pesca, em termos do nosso património, dos clubes, Mora é de facto um grande concelho a nível nacional da pesca desportiva de rio.”

A pesca desportiva, é também uma atracção turística para a referida localidade, facto que leva muita gente a Mora, com Luís Matos a afirmar que, ”quando nós lançámos este evento, a nossa ideia não era ter uma feira de pesca só por ter uma feira da pesca, não queremos ter pistas de pesca só para termos, queremos que as pessoas venham até ao nosso concelho, que vão aos nossos restaurantes, vão à loja da pesca, que façam mexer o nosso comércio, é esse também o nosso objectivo, fazer movimentar a economia do nosso concelho.”