O Hospital Distrital de Santarém (HDS) reforçou os seus quadros, com a entrada de 60 novos médicos em regime de internato

8 Janeiro 2020, 11:07 Não Por Redacção

Dos 60 novos médicos,  15 escolheram já a área de especialização, sendo que sete vão fazer internato na medicina interna, dois em pediatria e os restantes em anatomia patológica, cardiologia, ginecologia-obstetrícia, ortopedia, patologia clínica e psiquiatria.

Para a administração do HDS, o aumento do número de jovens médicos que escolhem este hospital deve-se à “crescente diferenciação, com os Centros de Referenciação em diversas patologias, ao reconhecimento, através de vários prémios ganhos, e à exposição positiva em diferentes fóruns“.

A gestão do HDS refere ainda que a abertura, em 2019, de novos equipamentos de alta diferenciação, como os blocos central e de partos, e a existência de novas técnicas de diagnóstico e tratamento, como elementos aliciantes para os novos clínicos.

O HDS tem vindo a melhor o acesso, com início da Hospitalização Domiciliária, e a optimização da urgência, bem como a aposta em “projectos inovadores na área da gestão, com a criação do único Centro de Cirurgia Bariátrica Value-Based“, entre outros.

Também a criação do Gabinete de Investigação, com uma verba disponível para quem queira desenvolver projectos de investigação, é outro factor de atractividade para a integração de novos médicos no HDS.