Pingo Doce pede aos clientes que comprem com consciência para não comprometer o acesso a todos

17 Março 2020, 20:42 Não Por João Dinis

A cadeia de supermercados Pingo Doce, que se encontra presente nos municípios do Vale do Sorraia, lançou esta terça-feira, uma mensagem de alerta onde pede a todos que, “compre apenas aquilo de que necessita para não comprometer o acesso dos demais Clientes, particularmente dos mais vulneráveis, há bens que são de primeira necessidade…”.

Na missiva assinada por Isabel Pinto, Directora Geral da cadeia de supermercados, que é sobretudo uma mensagem de alerta e consciencialização esta começa por referir que, “atravessamos tempos muito difíceis, marcados pela incerteza e pela preocupação com os que nos são mais próximos. Na verdade, estamos todos a adaptar-nos a uma realidade sem precedentes, a tentar criar novas rotinas, a fazer tudo ao nosso alcance para proteger a nossa família e amigos. Sabemos que há pessoas para quem a dificuldade é ainda maior, desde logo porque o desempenho das suas funções as obriga a uma maior exposição”, prosseguindo, “no Pingo Doce, estamos muito conscientes da especial importância do papel dos supermercados neste momento. Sabemos que nos cabe a grande responsabilidade de manter as nossas lojas abertas e abastecidas, assegurando, simultaneamente, a proteção dos nossos cerca de 30 mil Colaboradores e o bem-estar e segurança de todos os nossos Clientes. Por isso, estamos, desde o início desta crise, em articulação com a Direcção-Geral de Saúde e a agir em total conformidade com as orientações das autoridades. E vamos continuar a trabalhar arduamente para cumprir a missão de levar até si tudo o que é fundamental, mantendo a qualidade, os preços baixos e a dedicação que nos caracterizam e que nos reconhece.”

Desde o dia 16 de Março que as lojas da cadeia de supermercados  têm, temporariamente e por tempo indefinido, novos horários. Cada loja tem a sua equipa dividida em grupos, possibilitando a rotação das equipas a cada 15 dias.
Assim, teremos sempre profissionais em prontidão e os nossos colaboradores podem, rotativamente, resguardar-se em casa”, refere a Isabel Pinto, que divulga ainda que o Pingo Doce tem ainda “uma equipa de médicos e enfermeiros acompanha e aconselha, em alinhamento com os serviços públicos de saúde, os nossos colaboradores”.

Reforçámos a desinfecção diária das lojas e de todos os equipamentos, como carrinhos e cestos, e implementámos a obrigatoriedade de todos os Colaboradores higienizarem as mãos a cada 30 minutos”, salienta a Directora Geral da cadeia.

A missiva termina com uma mensagem a todos os trabalhadores, a quem dirige, “uma palavra de admiração e reconhecimento pela coragem, a lealdade e a entrega nesta hora tão exigente”.