Repórter do Almeirinense agredido durante o jogo da taça Amiense x União de Almeirim

Repórter do Almeirinense agredido durante o jogo da taça Amiense x União de Almeirim

20 Janeiro 2020, 12:43 Não Por Redacção

O jogo da Taça do Ribatejo, disputado entre as equipas do Amiense e União de Almeirim, que viria a ser ganho após os pontapés de grande penalidade pela equipa de Almeirim, terminou com o jornalista e repórter do Jornal Almeirinense destacado para realizar a cobertura do jogo, barbaramente agredido por um grupo de homens jovens, que se encontra já devidamente identificado.

As agressões ao jornalista aconteceram após o encontro, quando o mesmo grupo de indivíduos estava a acercar-se de uma família de Almeirim, com provocações e insultos, que o jornalista registou com o seu telefone.
Apercebendo-se que o nosso colega estava a registar as imagens dos actos violentos, o mesmo grupo acercou-se dele, com um comportamento agressivo e insultuoso exigindo que este apagasse as imagens.

Dada a ameaça, o jornalista dirigiu-se aos efectivos da Guarda Nacional Republicana, solicitando a intervenção dos mesmos, dadas as ameaças à sua segurança, ao que estes retorquiram que estavam ali para efectuar a segurança aos jogadores e equipa de arbitragem e não poderiam socorrer o jornalista, que acabou assim por ser barbaramente agredido, tendo mesmo necessitado de tratamento hospitalar, que recebeu no Hospital Distrital de Santarém.

De acordo com a Direcção do Almeirinense, já foram apresentadas queixas junto das entidades competentes, nomeadamente contra os agressores que se encontram já identificados, bem como contra a inoperância da Guarda Nacional Republicana, estando ainda o Almeirinense a solicitar a intervenção da Associação de Futebol de Santarém, Instituto Português do Desporto e da Juventude, Autoridade Contra a Violência no Desporto e a Guarda Nacional Republicana, de modo a que estas entidades tomem uma posição perante mais este caso de violência no futebol.

O Notícia do Sorraia, bem como toda a sua equipa e redacção, vêm por esta via solidarizar-se para com o nosso colega, e o Jornal O Almeirinense, colocando-nos desde já ao dispor para o que entendam pertinente, condenando ainda estes actos de cobardia, por parte de pessoas que aparentam não saber viver em sociedade.