Sete detenções por desobediência ao Estado de Emergência

Sete detenções por desobediência ao Estado de Emergência

22 Março 2020, 21:27 Não Por Redacção

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, anunciou este domingo, em conferência de imprensa realizada ao início da noite, que as forças de segurança detiveram já sete pessoas, por crime de desobediência no âmbito do estado de emergência em que o país se encontra, pelo menos até dia 2 de Abril, em virtude do surto pandémico de Covid-19.

Verificaram-se sete detenções por constatação de factos que constituem crime de desobediência“, anunciou o governante, em conferência de imprensa após a primeira reunião da Estrutura de Monitorização do Estado de Emergência.

Uma das detenções “foi um caso particularmente grave de violação do dever de confinamento“, enquanto os restantes seis casos “deveram-se a situações de incumprimento das indicações das forças de segurança relativamente a comportamentos ou relativamente a situações de circulação ou de prática de ajuntamentos não admissíveis“, concretizou Eduardo Cabrita, que no entanto destacou o espírito de responsabilidade e civismo, com que os portugueses estão a encarar esta fase de recolhimento obrigatório.