Testes ao covid-19 em Santarém demoram em média 12 dias a marcar

3 Abril 2020, 10:29 Não Por João Dinis

O único laboratório privado que realiza os testes ao covid-19 em Santarém, para onde são encaminhados grande parte dos suspeitos da infecção dos concelhos de Coruche, Salvaterra de Magos e Benavente, está a demorar mais de 12 dias a agendar a realização da prova.

Contactado pelo Notícias do Sorraia, o laboratório Joaquim Chaves, único credenciado pela Direcção Geral de Saúde para efectuar a testagem ao Covid-19 no sul do distrito de Santarém, e que serve sobretudo os utentes do Vale do Sorraia e das cidades de Almeirim e Santarém, os profissionais referiram que as marcações estavam a demorar cerca de 12 dias, ou seja, quem tiver a requisição ou mensagem do Serviço Nacional de Saúde, só consegue realizar o teste 12 dias depois.

Questionados se este espaço temporal se devia à falta de materiais, os dois funcionários retorquiram que tal espaço temporal se deve ao grande número de pessoas que estão a agendar testes ao coronavírus, ainda que estes estejam a agendar testes de 15 em 15 minutos, com o laboratório a funcionar entre as 8 e as 16.45 horas.

Embora o grande fluxo de testes seja feito através do Serviço Nacional de Saúde, a agenda é única e incorpora também os pedidos de realização de testes privados, que podem custar em média 150 euros, não nos sendo possível apurar o valor cobrado pelo laboratório de Santarém.

Dado o espaço temporal que muitos dos suspeitos de infecção estão sujeitos, são cada vez mais os utentes que procuram realizar os testes fora do distrito de Santarém, tendo-nos chegado relatos de pessoas que efectuam o seu teste em Cascais, Estoril ou Évora.

Os testes demoram em média cerca de 30 horas a ter o seu resultado.


Fotografia: Direitos Reservados / Ilustrativa