Travessia das Pontes de Coruche na agenda do Programa Nacional de Investimentos 2030

Travessia das Pontes de Coruche na agenda do Programa Nacional de Investimentos 2030

1 Setembro 2019, 14:05 Não Por João Dinis

O Grupo de Trabalho Programa Nacional de Investimentos 2030, da Assembleia da Republica, criado no âmbito da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, a 22 de Fevereiro de 2019, na sequência da aprovação de uma proposta oral para constituição de um grupo de trabalho que realizasse uma avaliação real das infraestruturas no território nacional e avaliasse as necessidades sentidas pelas populações, através da audição dos seus representantes do poder regional e local, identificou os pontos onde é urgente uma intervenção estatal na conservação ou remodelação de infraestruturas.

No Vale do Sorraia, um dos pontos identificados foi o trajecto do Itenerário Complementar 10 (IC10) (Estrada Nacional 114), na Ligação ao Alentejo e correção dos problemas na zona de Coruche, nomeadamente a travessia das pontes de Coruche, que como é sobejamente conhecido é um dos pontos de grande concentração de trânsito nesta estrada.

Além deste ponto no Distrito de Santarém o Grupo de Trabalho identificou como prioritárias as obras da Variante à Linha do Norte na zona de Santarém e a ligação do IC3/A13 na ligação rodoviária de Almeirim à A22, de forma a garantir a segurança do transporte de resíduos perigosos para a Chamusca.

Também a Barragem do rio Tejo é um dos pontos de destaque deste grupo, integrado no Projecto do Tejo como solução de rega para a agricultura.

Este Grupo de Trabalho irá apresentar o relatório final, ao próximo Governo, que durante a próxima legislatura deverá por em prática a realização destas obras e melhoramentos nas infraestruturas existentes, no espaço temporada 2019-2030.

O Grupo de Trabalho foi constituído pelos deputados, Pedro Mota Soares (CDS-PP), Luís Leite Ramos (PSD), Paulo Rios de Oliveira (PSD), Carlos Pereira (PS), Heitor de Sousa (BE) e Bruno Dias (PCP).