Um ano a ameaçar vizinho em Salvaterra de Magos leva homem a ir agora prestar contas à justiça

30 Abril 2020, 22:44 Não Por João Dinis

Um homem de 62 anos, residente em Salvaterra de Magos, que durante um ano ameaçou um vizinho de morte, por razões fúteis e muitas das vezes embriagado, irá ser julgado no Tribunal Judicial de Benavente, depois de Guarda Nacional Republicana (GNR) ter concluído uma investigação que realizava nos últimos meses.

De acordo com fonte da GNR, os militares do posto territorial de Salvaterra de Magos, ao terem conhecimento das ameaças que o homem, com cerca de 80 anos, estava a ser alvo, encetaram a investigação, tendo no passado dia 28 de Abril dado cumprimento a uma busca domiciliária a casa do suspeito, onde, como medida cautelar, foram apreendidas duas armas de fogo, em situação legal, e 55 munições.

Esta acção policial contou com reforço de militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Coruche, tendo o homem sido constituído arguido, decorrendo agora o processo no Tribunal Judicial de Benavente.

Fotografia: Direitos Reservados